Cleder Zvonzik 

Pesquisa: Corpos Invisíveis: Indivíduos em situação de rua e a performance do silêncio na impessoalidade do espetáculo urbano.

Resumo: O presente projeto intenta observar e descrever, relativamente, as possíveis motivações sociocognitivas relacionadas à observável opacidade, estado de esvaziamento ou mesmo ausência aparente da fala dialógica de particularizados indivíduos em situação de rua. Em que, observada, então, tal falta, em concomitância, se verificará, forçosamente, a não ocorrência do seu falar sobre si (manifestação esta que incidiria em sua autorrepresentação), sobre o outro, como também, a não expressão do seu falar para o outro. Nessa perspectiva observacional, analisar, ademais, como esta, hipotética, expressão opaca, esvaziada ou muda inscreve e molda sua presença nas relações com o cotidiano metropolitano, sobretudo, no âmbito psicossocial e sociolinguístico. Para tanto, procurar-se-á, ademais, por instituições de acolhimento de tais indivíduos, isso por este projeto procurar atender a duas possibilidades de leitura referentes à categoria de silenciamento nela colocada em questão. Sendo uma delas a que ocorre estando esses indivíduos inseridos em um ambiente institucionalizado e outra aquela que ocorre quando eles estando em um ambiente de esfera pública, a rua.

Com isso, planeja-se investigar criteriosamente as ações e reações realizadas, cotidianamente, pelos sujeitos selecionados em cada um desses ambientes. Quanto à concepção de se compreender a instância da corporeidade como quesito elementar para o manifestar da fala, serão utilizados, como aporte, os estudos sobre sociedade e corpo referentes às obras de Wilhelm Reich e Michel Foucault, visando interpretar os sentidos da imagem corporal e suas, possíveis, manifestações e reflexos nas relações sociais.

 

Universidade Federal de São Paulo - UNIFESP

Escola de Filosofia, Letras e Ciências Humanas - EFLCH

(Campus Guarulhos)

Estrada do Caminho Velho, 333

Jardim Nova Cidade 

Guarulhos - SP

CEP: 07252-312